Redes Sociais

Juiz marca audiência de policial civil acusado de homicídio em Natal

RN

Juiz marca audiência de policial civil acusado de homicídio em Natal

O juiz Ricardo Procópio Bandeira de Melo, da 3ª Vara Criminal de Natal, marcou a data da audiência de instrução do agente de Polícia Civil Tibério Vinícius Mendes de França, acusado pela morte do também policial civil Iriano Serafim Feitosa, assassinado no dia 3 de fevereiro deste ano no conjunto Cidade Satélite, na Zona Sul da capital de Natal. A audiência terá início no dia 15 de junho.

De acordo com o estabelecido pelo juiz nesta quinta-feira (19), como o número de testemunhas a serem ouvidas é alto – ao todo, 19 serão ouvidos – a instrução será realizada em duas datas. Começando no dia 15 e sendo concluída no dia 17 de junho.

Tibério Vinícius Mendes de França está preso desde o dia 22 de março. O policial foi chamado para prestar depoimento na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e, ao chegar, recebeu voz de prisão. O agente também é apontado pela Polícia Federal como suspeito de envolvimento com grupos de extermínio, investigação que faz parte da operação Thanatus, deflagrada em dezembro do ano passado.

Relembre o caso

Iriano foi morto no dia 3 de fevereiro, quando dirigia o carro dele pela Av. Xavantes, no conjunto Cidade Satélite, Zona Sul de Natal.

Esposa do policial, a advogada Ana Paula Nelson contou que estava no carro no momento do atentado. “Acho que o crime não foi planejado para ser ali, daquela forma. Esse policial se aproveitou de um descuido do meu marido. Ele se aproximou sozinho em uma moto e, sem parar, efetuou vários disparos. Como os tiros foram do lado onde estava o Iriano, ele foi atingido mais vezes e eu acabei sendo baleada duas vezes”, lembrou.

Câmeras de segurança registraram a execução. O vídeo (veja ao lado) mostra o momento em que o o carro de Iriano reduz a velocidade para passar por uma lombada. Um motociclista fica ao lado do carro e efetua vários disparos de arma de fogo. Iriano morreu minutos após dar entrada no pronoto-socorro Clóvis Sarinho, em Natal. A advogada Ana Paula Nelson, viúva de Iriano, foi atingida por dois tiros – um na perna e outro no quadril.

Iriano Serafim Feitosa estava dirigindo o carro, ao lado da esposa, quando foi baleado (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi).

Iriano Serafim Feitosa estava dirigindo o carro, ao lado da esposa, quando foi baleado (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi).

G1/RN

Comentários

comentário(s)

RN 360º - Seu portal de notícias.

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Mais em RN

Subir