Redes Sociais

Após matar agricultor por engano, pistoleiros voltam e matam dono de bar

Policial

Após matar agricultor por engano, pistoleiros voltam e matam dono de bar

Pistoleiros que mataram o agricultor Marcondes Miranda da Costa por engano, na terça-feira passada (05) em Pilões/RN, retornaram ao bar onde o crime aconteceu e executaram o proprietário com vários disparos na manhã desta quinta-feira (07).

Leia: Pistoleiros confundem dono de bar pela roupa e matam cliente

VítimaAdriano Duarte da Silva, de 39 anos, estava no estabelecimento, quando foi surpreendido por dois homens em uma moto. A informação foi confirmada ao Mossoró Hoje pelo delegado de Alexandria, Célio Fonseca.

Um suspeito com as mesmas características de um dos atiradores foi detido e levado à delegacia para esclarecimentos.

Dados da investigação apontam que o comerciante estava marcado para morrer no início da semana, mas foi confundido pelo agricultor Marcondes, devido os dois estarem usando camisetas da mesma cor.

A polícia trabalha a possibilidade de vingança ter motivado os dois assassinatos. Marcondes era uma pessoa de bem e não tinha qualquer ligação com ilícitos, segundo informou o chefe de investigação Raniere Fernandes, entretanto, Adriano possuía um neto que já tinha tentado matar um desafeto há alguns meses atrás no município de Pilões.

Ainda de acordo com as investigações, pessoas próximas ao dono do bar teriam assassinado o ex-presidiário Gilberto Oliveira, em agosto de 2015 em Pau dos Ferros.

Um inquérito policial será instaurado para apurar os motivos e os responsáveis pela morte do comerciante nesta terça (07).

Mossoró Hoje

Comentários

comentário(s)

RN 360º - Seu portal de notícias.

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Mais em Policial

Subir