Redes Sociais

REDE NEWS 360

Prefeito de Apodi intensifica ações, confirma auditoria e assegura carnaval do povão

Entrevista

Prefeito de Apodi intensifica ações, confirma auditoria e assegura carnaval do povão

O prefeito de Apodi, Alan Silveira (PMDB), fez um breve balanço das ações administrativas neste primeiro mês de mandato e assegura que já conseguiu avançar em várias frentes, apesar de a transição administrativa não ter sido favorável e de ter encontrado problemas em praticamente todas as áreas. Nesta entrevista a este portal, ele confirma que fará uma auditoria nas contas da Prefeitura, conduzirá a gestão com transparência e sintonizado com a participação popular e assegurou que decidiu, em entendimento com o Ministério Público, promover o tradicional carnaval apodiense. Confira:

REDE NEWS 360 – Prefeito, vamos fazer um balanço. Como o senhor encontrou a Prefeitura de Apodi?

ALAN SILVEIRA – Bom, com relação às contas, em dia e dinheiro em caixa. Mas, em compensação, com várias contas que o ex-gestor deixou para pagar. Por exemplo, o INSS que ele deixou R$ 550 mil para a gente pagar com a repatriação. E com relação aos programas, praticamente todos apagados. A gente pegou todos os computadores sem nenhum programa de contabilidade, de folha de pagamento, finanças ou compras. E o maquinário sucateado.

RN360 – Quer dizer que não houve uma transição amigável?

AS – Não. Quando fui eleito, montei a equipe de transição e mandei um oficio para o prefeito, só que ele ficou enrolando e eu tive que entrar com um mandado de segurança para a transição começar a funcionar. E quando funcionou, todos os relatórios que eu pedi, praticamente eles não responderam nem 40%. Pegamos a prefeitura praticamente às cegas. E o maquinário todo sucateado. Hoje nós temos 5 tratares, onde apenas 1 está funcionando e com o motor batido. Eu já fiz o orçamento e vou mandar concertar os 5 tratores, para a gente trabalhar com o corte de terras, num programa que a gente já lançou, para ajudar os trabalhadores. Os carros coletores de lixo, estavam todos quebrados e eu tive que concertá-los. Foi feito um orçamento, já feito os serviços e graças a Deus os carros já estão rodando. Pegamos a cidade, eu acho que, desde outubro que ela não via uma limpeza nas ruas e nós começamos o trabalho de limpeza, de tapa buraco, ou seja, o básico que eu considero para uma gestão, que é a limpeza, iluminação pública …

Apodi vive momento de expectativas com nova gestão (foto: Wilson Moreno/RN360)

RN360 – … e na área de saúde? Teve um problema com medicamentos que teriam sido aqui da prefeitura e foram …

AS – … É. Essa questão aí está até no Ministério Público. Encontraram vários medicamentos vencidos e jogados uma parte na zona rural de Apodi e a outra na de Severiano Melo.

RN360 – E ficou confirmado que seria da secretaria daqui?

AS – Foi. Pelas fotos, pelo lote e tudo, foi comprovado que era da Prefeitura de Apodi. E isso aí está na Justiça. Estamos aguardando. Desde que assumi a prefeitura estamos fazendo um relatório para entregar ao Ministério Público. Foi feito um inventário do que recebemos e do que não recebemos. O que eles mostraram em inventário, que tinha e a gente não encontrou, estamos fazendo um BO para ficar resguardado. Estamos fazendo um inventário de todas as secretarias.

RN360– O senhor pretende fazer uma auditoria?

AS – Pretendemos. Já conversei com a empresa e na próxima semana ela está vindo aqui. Acho que no inicio de fevereiro ela funciona. De folha de pagamento à obras. Porque assim eu fico resguardado. Vou passar meus 4 anos resguardado. Eu vou mostrar à população, como a gente entregou. O trabalho que a gente ta fazendo é diferente. Eu vou mostrar como a gente recebeu, mas o que importa é olhar pra frente e esquecer o passado. Acho que se a gente ficar olhando sempre pelo retrovisor, o município não caminha.

RN360 – Já dá pra fazer um breve balanço das ações que já foram feitas? E quais são os principais desafios?

AS – Já sim. Com relação à saúde, nós assumimos a prefeitura no dia primeiro e, já no dia 02 a gente teve o cuidado de não parar o tratamento de hemodiálise e de oncologia dos pacientes de Apodi. Porque Apodi, todo dia, manda pacientes para a cidade de Mossoró. No dia 02 a gente já começou a mandar esses carros com os pacientes, para que eles não parassem seus tratamentos. Ainda com relação à saúde, a questão de exames e cirurgias, a gente já normalizou. Pra você ter uma ideia, na quarta-feira passada a gente abriu para o público a marcação de exames, foram atendidas mais de 300 pessoas, que desde junho esperavam que o sistema abrisse para marcações. O município praticamente estava parado. Nas cirurgias estamos adiantando a parte de convênios da saúde com Alexandria, Mossoró e Natal. Ajeitamos os dois carros coletores de lixo e no dia 02 já começamos a limpar todas as ruas de Apodi. Colocamos os garis para trabalhar e os carros para funcionar. Com relação a fardamentos, estamos fazendo o processo de licitação e eu acho que em fevereiro o pessoal já vai estar com os seus EPIs direitinhos, o fardamento. Todo mundo trabalhando como é para ser trabalhado. Em obras, estamos realizando o trabalho de tapa buraco. Desde o dia 02 que estamos fazendo esse trabalho. Temos a limpeza da Lagoa de Apodi, um trabalho que a gente fez agora e foi elogiado pela população. 

RN360 – … um compromisso de Campanha inclusive?

AS – Sim. A revitalização. Porque, como se diz: “é a mãe de Apodi”. E faz tempo que Apodi não tinha uma gestão que fizesse isso. A gente fez. Em relação à agricultura, nós avançamos bastante com a distribuição de água, lançamos o programa de corte de terras para 2017, onde serão investidos R$ 170 mil no município, para que o produtor tenha aquele incentivo. Porque o incentivo que o município pode dar para o agricultor é o corte de terras. Levando o trator lá e cortando a terra para esse produtor. Para que o agricultor plante e colha o seu produto, venha para a zona urbana e comercialize-o. A garantia do seguro-safra, nós já distribuímos os cheques. Varias famílias foram beneficiadas com o seguro-safra, onde o município já investiu cerca de R$ 170 mil. Fizemos agora, também, um levantamento de todos os poços do município. Para a nossa equipe de recursos hídricos fazer uma manutenção. Em obras e urbanismo, a parte de iluminação pública, fizemos um levantamento de todo o município para iluminarmos. Vamos ver aqueles postes que estão apagados, sem lâmpadas, para fazermos a reposição.

Lagoa do Apodi recebe atenção especial do novo gestor (foto: Wilson Moreno/RN360).

RN360 – Tradicionalmente, Apodi é uma cidade carnavalesca. E, apesar da crise, o carnaval está mantido?

AS – O carnaval está mantido. E a primeira coisa que eu fiz, quando começamos a elaborar o projeto do carnaval, foi procurar o Ministério Público. Porque eu gosto de trabalhar direitinho, tendo um objetivo e no caminho certo. E o que eu fiz? Marquei uma audiência com o promotor para a gente mostrar já o projeto do carnaval, e ele fazer as referências, dizendo o que pode e o que não pode ser feito. Já fizemos isso. Elaboramos o projeto e estamos no processo de conversar com as bandas e a estrutura. Na semana passada eu estive com o pessoal da AMBEV, onde a gente tem que ir buscar parcerias. E eles tem interesse em patrocinar o carnaval de Apodi. Sentei com o dono da Agrícola Famosa, o senhor Luis Roberto, ele também tem interesse em fazer essa parceria. Ou seja, o carnaval está mantido. Também sentei com João da Escóssia, lá de Mossoró, que é pra gente elaborar uns projetos e trazer de volta a cultura e aquela tradição que o carnaval tinha, que era a banda de música tocando o frevinho nas ruas. Queremos resgatar a tradição do carnaval de Apodi, para acabar com aquela história de que o carnaval de Apodi se resume a bandas de música, bebidas e blocos.

RN360 – E até porque movimenta a economia…

AS – Com certeza.

RN360 – O que o senhor tem para dizer aos apodienses, daqui pra frente? Qual sua mensagem?

AS – Quero dizer ao povo de Apodi, primeiro agradecer por essa oportunidade que eles estão dando a mim e Hortência, de administrar o município por esses próximos 4 anos. E dizer a eles o que eu dizia na campanha: A gente vai fazer o básico para funcionar. E o que é o básico? É ter um transporte escolar de qualidade, porque é obrigação do gestor garantir. Pagar o funcionário em dia, porque quem está trabalhando, quer receber seu dinheiro. É valorizar o servidor público, pois, ele incentivado, vai trabalhar com vontade, seja ele o professor, o gari, o ASG, o vigilante. Ajeitar as estradas vicinais e as da cidade, com calçamento e asfalto. Partir para a iluminação pública, que eu considero o básico de uma gestão. Incentivar o agricultor e fazer parcerias. Incentivar o aluno com uma merenda de qualidade, com fardamento escolar. Incentivar a cultura no nosso município e fazer parcerias com todos os grupos, tanto nas instituições públicas quanto privadas. Sabemos que, sozinho, um gestor não faz uma gestão eficiente, então vamos partir para essa linha de parcerias. E através dessas parcerias, a gente tem como desenvolver o nosso município. Dizer ao povo de Apodi que a prefeitura está de portas abertas. Todos os dias eu estou aqui na prefeitura atendendo o povo e buscando melhorias, tanto a nível estadual como federal. Eu recebi a visita do deputado Gustavo Fernandes e ele colocou uma emenda para o município, de R$ 150 mil, com ela iremos calçar o Garilandia. E eu disse ao deputado que não queremos só isso. Apodi quer mais. Quero calçar vários bairros e comunidades rurais do município. Também já falei com Walter, Garibaldi, Henrique e até mesmo com Michel Temer, porque eles fazem parte da minha bancada. E eu disse a eles que irei lá cobrar e buscar melhorias para o povo de Apodi. Dizer ao povo que o nosso governo será de parcerias e de transparência. Um governo de diálogo. Porque quando você parte para dialogar com o povo, com as categorias, elas é que sabem suas realidades. Então, nada mais correto do que ouvir o povo de Apodi. E nós fomos eleito para estar ao lado do povo. E é isso que eu quero fazer durante estes 4 anos.

Frentes de obras já podem ser vistas em Apodi com nova gestão (foto: Wilson Moreno/RN360).

Entrevista concedida ao jornalista Gilberto de Sousa

Fotos: Wilson Moreno/RN360

Comentários

comentário(s)

Sistema Rede News 360 de Comunicação – Mossoró/RN

Mais em Entrevista

Subir