Redes Sociais

REDE NEWS 360

Lampejos

Cidadão do crime

Tratei em um dos lampejos aqui lançados nesta coluna sobre a banalidade do crime e o quanto isso tem se tornado rotina nas cidades grandes. E na semana que passou fui testemunha de mais um episódio que demonstra o quanto estamos “anestesiados” às ações ilícitas e o quanto várias delas tornaram-se normais no nosso meio.
 
Temos casos como à venda de bebidas alcoólicas a menores de idade, o que ocorre aos olhos de muitos que já vêem aquilo como um ato de total naturalidade. Também existem os casos “pequenos”, como a negociação de vale-transportes, vale-alimentação, que são benefícios nominais de empregado formalizado em uma empresa, mas que repassa o uso pra terceiros, alheios aquela organização.
 
Gostaria de ater-me a um fato inusitado que ocorreu em um famoso restaurante da nossa cidade, onde amigos em mesas diferentes tentavam manter um diálogo que poderia ser ouvido por quase todas as mesas do recinto.
 
Um deles em fala inicial questionou sobre qual melhor tv a cabo do mercado. O segundo salta e já oferece um aparelho que é livre de pacotes de assinaturas e que ainda recebe diretamente do satélite todos os canais disponíveis por todas as melhores operadoras do país.
 
– Sem mensalidade, de graça?
 
O potencial cliente de uma nova assinatura de tv acaba de ser fisgado e de forma banal trataram, ali mesmo, de todos os detalhes e recursos necessários para que o sinal fique acessível e límpido.
 
– Ah, será preciso duas antenas e de vez em quando vai ser necessário reiniciar o aparelho pra que o sinal volte, isso ocorre em todos, mas tem uma vantagem, é de graça!
 
Encerrou-se aquele diálogo ali mesmo, pois meu pedido pra viagem acabara de chegar. O que fiquei refletindo após ter vivenciado aquele show de ilicitudes ao vivo e sem cortes, é que o crime já não causa temor nas pessoas de “bem”, a prática ocorre às claras e sem objeção de ninguém. Verdadeiramente, uma pena!
 
DESCULPAS AO LEITOR
 
Foram várias as dificuldades enfrentadas pra que os lampejos da semana pudessem ser colocados no papel, desde viajens à capital e outras cidades da região oeste, preparação para período de férias, e ainda o nascimento do meu filho, o que fará o nobre leitor me dar mais alguns minutos de leitura após o atraso da coluna. Tivemos a grata surpresa de receber no último dia 14 as 6:47h da manhã meu terceiro filho, João Miguel, agendado pra o dia 20 já chegou e mudou toda a normalidade da minha agenda e consequentemente da coluna Lampejos. Mas não poderia deixar de ser contemplado pelos meus ilustres leitores e que tem nos acompanhado durante cada lampejo. Assim, boa leitura e, mais uma vez, perdão.
 
REFLITA
 
“…Tudo vale a pena, se a alma não é pequena. Se queres passar além do bojador, tens que passar além da dor. Deus ao mar, o abismo e o perigo deu, mas foi nele que espelhou os céus.” (Fernando Pessoa)
 
MAIS CASAS NOVAS
 
Novas regras para aquisição de imóveis no país já podem ser acessadas por todos os brasileiros no site da Caixa Econômica Federal. Mudanças buscando ampliar o número de beneficiados são as principais bandeiras do novo programa. Ações dessa natureza além de beneficiar aqueles que serão contemplados com o imóvel, proporcionará também crescimento em vários outros segmentos como a construção civil, o ramo imobiliário, comércio de materiais, etc. O consumo, principal arma contra a inflação, ocorrendo de maneira natural. É desse tipo de ação que o país precisa.
 
A IMPRESSÃO É QUE CADA SECA É A PRIMEIRA
 
Frase dita no plenário da Câmara Federal pelo deputado federal Benedito Lira quando tratava em seu discurso sobre a crise hídrica. Essa frase causa preocupação com o futuro das nossas gerações, pois se o que tivermos daqui pra frente for somente o “mais do mesmo” quanto aos planos de redução das crises devido a seca, principalmente no Nordeste, teremos transtornos que, em nível altíssimo de sinceridade, pode causar muitas mortes. Os discursos de campanhas precisam chegar em forma de ações ao Nordeste o mais rápido possível. Salvem-nos!
 
CAERN É 115
 
Já à disposição dos consumidores das maiores cidades dos estado, o teleatendimento da Caern é mais uma ferramenta que a companhia utiliza pra aproximar-se dos seus clientes. Além do número, existe também a loja virtual com várias opções de serviços e que pode ser acessada no site da empresa. Ganha a empresa e ganha o consumidor. Avante! (www.caern.com.br)
 
PALAVRA SAGRADA
 
“Tudo coopera para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.” (Romanos 8.28)

Comentários

comentário(s)

Mais em Lampejos

Subir