Redes Sociais

REDE NEWS 360

Palavra Pastoral

Amanhã

É comum que ao término dos cultos sempre aconteça o apelo, que abre o momento para que as pessoas presentes tenham a oportunidade de aceitarem a Jesus. Também é comum que muitas dessas pessoas sempre respondam assim: “deixe para outro dia…” ou, “depois eu aceito…”, ou “vou deixar para amanhã”, e por aí se vão com os seus adiamentos. Protelam, protelam, protelam!

A desculpa de deixar para aceitar a Jesus em outra oportunidade é coisa de gente que gosta de sofrer. Recorde: quando as pragas das rãs vieram sobre o Egito, sabe o que disse o Faraó na presença de Moisés? Disse assim: “Rogai ao Senhor que tire as rãs de mim e do meu povo…” (Êx 8.8). Moisés ouve esse pedido e pergunta: “Quando orarei por ti, e pelos teus servos, e por teu povo, para tirar as rãs de ti, e das suas casas, de sorte que somente fiquem no rio?” (Êx 8.9).

Sabe qual foi a resposta do Faraó? Foi essa: “Amanhã” (Êx 8.10). Ou seja, o Faraó teve a oportunidade de ficar livre das rãs naquele mesmo dia, mas optou por sofrer um pouco mais, preferindo ficar livre delas só no dia seguinte. Que tolo!

Ninguém tem a certeza de que irá dormir e acordar vivo no outro dia! Deus não deu ao homem este poder. Então, essa desculpa do pecador em adiar a sua decisão por Cristo não passa de uma tentativa de engano. Eis o que diz a Bíblia: “Não presumas do dia de amanhã, porque não sabes o que produzirá o dia” (Pv 27.1).

Assim, arrisca-se em falhar, adiar essa decisão para o dia de amanhã! Inspirado pelo Espírito Santo, Tiago deixou escrito: “Digo-vos que não sabeis o que acontecerá amanhã. Por que, que é a vossa vida? É um vapor que aparece por um pouco, e depois se desvanece” (Tg 4.14).

Agora, só há uma pessoa em todo o Universo que pode deixar para amanhã o que Ele pode fazer hoje. Essa pessoa é o Senhor Deus. Só Ele tem autoridade para isso. Vejamos: Deus poderia ter mandado uma terrível destruição no mesmo dia em que o Faraó negou liberar o povo do Senhor; contudo, Deus disse assim: “Eis que amanhã por este tempo farei chover saraiva mui grave, qual nunca houve no Egito, desde o dia em que foi fundado até agora” (Ex 9.18). Observe que o Senhor disse: “amanhã” e não hoje!

Em algumas ocasiões o Senhor resolveu fazer algumas coisas em dias posteriores, porque o que Ele desejava fazer exigia um preparo da parte do homem. Lembre-se que quando o Senhor prometeu a Moisés que Ele apareceria diante do povo no Monte Sinai, Ele exigiu que o povo se preparasse em santificação. A Bíblia registra assim: “Disse também o Senhor a Moisés: Vai ao povo, e santifica-os hoje e amanhã, e lavem os seus vestidos e estejam prontos para o terceiro dia: porquanto no terceiro dia o Senhor descerá diante dos olhos de todo o povo sobre o monte de Sinai” (Êx 19.10,11). Isto é, Deus adiou a sua vinda ao Monte Sinai, porque o povo deveria se santificar primeiro.

Enfim, concluímos que: somente aquEle que é Senhor do tempo, é que pode adiar os Seus compromissos e decisões, pois tem a veraz convicção de que aquilo que deixou para fazer depois, isso cumprirá. Bem, se esses argumentos não lhe convencerem não espere pelo dia de amanhã!

Comentários

comentário(s)

Mais em Palavra Pastoral

Subir