Redes Sociais

REDE NEWS 360

Palavra Pastoral

Entulhos

Numa certa ocasião, fomos obrigados a cancelar uma cruzada evangelística devido à presença de um grande monte de entulho de lixo que ficava nas proximidades da área que foi cedida para esse evento. Havia entulhos e mais entulhos de lixo. O pior é que formalmente pedimos providências para que as autoridades responsáveis providenciassem a coleta, mas tudo em vão. Não moveram uma palha, infelizmente. Por isso, agimos e mudamos essa cruzada para outro local. O culto foi uma bênção, Jesus salvou sete pessoas naquela noite.

Não preguei naquela noite, mas li à Palavra naquele culto. Li um texto que fala justamente sobre “entulhos”. A passagem que li foi Neemias 4.2-10. E só li essa passagem porque Deus me fez entender que assim como aqueles entulhos foram a causa do cancelamento da cruzada, assim também, em muitos corações dos homens, há pilhas de entulhos que precisam ser removidas.

Quando lemos o capítulo quatro de Neemias, descobrimos que havia muito entulho que precisava ser removido, antes que a reconstrução dos muros de Jerusalém tivesse início. Isso era tão óbvio de acontecer, que Sambalate, um dos opositores à reconstrução, disse na presença de seus compatriotas e dos poderosos de Samaria: “O que aqueles frágeis judeus estão fazendo? Será que vão restaurar o seu muro? Irão oferecer sacrifícios? Irão terminar a obra num só dia? Será que vão conseguir ressuscitar pedras de construção daqueles montes de entulho e de pedras queimadas?” (Ne 4.2 – NVI). Observe que ele lançou cinco inquirições, sendo que a última delas tratou de perguntar sobre a questão do lixo, o entulho.

Sambalate duvidou que os judeus removessem as pedras que estavam sob o entulho. O certo é que, sabiamente, Neemias preparou uma grande estratégia que deu certo; o povo se uniu, os entulhos foram removidos, à reconstrução foi terminada. Aleluia!

Mas, a nossa principal questão aqui, é: quais são os “entulhos de lixos espirituais” que estão ocupando o coração dos homens, privando-os do acesso ao Espírito Santo? São esses entulhos: “Prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas…” (Gl 5.19-21a).

Você sabe dizer por que todo esse lixo precisa ser removido? Porque “… os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus” (Gl 5.19b). Ou seja, sujeira nenhuma entrará no reino de Deus! Com Deus não há o “jeitinho brasileiro”. Com Deus não há apadrinhamento.

A grande pergunta hoje é: “como os homens poderão remover esses entulhos de seus corações?” A resposta é: “contando com a Poderosa Pá”, que é a Palavra de Deus, que deve ser manuseada com a sabedoria e a graça do Espírito Santo!”

Usado pelo Espírito Santo, o apóstolo Paulo escreveu: “De sorte que, se alguém se purificar destas coisas, será vaso para honra, santificado e idôneo para uso do Senhor, e preparado para toda a boa obra” (2Tm 2.21). Corroborando com isso, Hebreus diz: “Cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé; tendo os corações purificados da má consciência, e o corpo lavado com água limpa” (Hebreus 10.22). Irmãos, essa “água limpa” é a Palavra de Deus (Jo 4.14). Os homens precisam ouvi-la!

Esse negócio de limpeza é algo tão sério, que havia a obrigatoriedade para que em todos os locais dos acampamentos, os israelitas tivessem uma área destinada para evacuação, bem como, para que todos eles tivessem em seus equipamentos, um instrumento para cavar o chão. O texto diz: “Determinem um local fora do acampamento onde se possa evacuar. E entre as tuas armas terás uma pá; e será que, quando estiveres assentado fora, então com ela cavarás, e, virando-te, cobrirás aquilo que saiu de ti” (Dt 23.12,13 – NVI). E Deus deu a explicação para isso: “… O acampamento terá que ser santo, para que ele não veja no meio de vocês alguma coisa desagradável e se afaste de vocês” (Dt 23.14b – NVI).

Nós que somos parte da Igreja do Senhor, temos a nobre obrigação de sermos os “garis de Deus” ao Seu serviço. Somente assim limparemos com a Sua ajuda, os grandes entulhos que “entopem” os corações dos homens!

Comentários

comentário(s)

Mais em Palavra Pastoral

Subir