Redes Sociais

REDE NEWS 360

Palavra Pastoral

Mudança de vida

Certa vez recebi um e-mail com o seguinte teor: “Estou muito feliz por escrever para você hoje, porque recebi uma notícia que poderá mudar sua vida: em breve, você poderá ter a chance de aumentar o saldo da sua conta bancária em 300 mil reais, se for o ganhador do grande Prêmio. E tem mais: além de ter a oportunidade de ficar centenas de milhares de reais mais rico, você terá a chance de ser apresentado por uma celebridade na TV como o grande ganhador do 20° Grande Concurso de… (citava o nome de uma famosa revista)”.

É óbvio que não cai nessa conversa de enriquecimento fácil, pois assim respondi: “Obrigado, mas já tive a minha vida mudada a partir do momento em que aceitei a Jesus como o meu Salvador”. Pronto, acho que não havia outra resposta melhor do que essa.

Assim como eu, milhares de pessoas têm recebido e-mails com propostas que garantem que uma pessoa poderá enriquecer do dia para a noite, assim tão de repente, bastando apenas fazer uma “fezinha” nessas propostas que nos são oferecidas. Ah, se essas pessoas conhecessem esta palavra: “O homem fiel abundará em bênçãos, mas o que se apressa a enriquecer não ficará sem castigo” (Pv 28.20).

Não sou contra nenhuma pessoa enriquecer a custa de muito trabalho, agora enriquecer de uma hora para outra, sem trabalho, não “caia” nessa. Aliás, o único lugar onde Sucesso vem antes de Trabalho é no dicionário!

Todos os dias da semana vemos aglomerações de pessoas nas fileiras das casas lotéricas espalhadas em nosso país. São pessoas que sonham com milhões de reais na conta bancária. Uns apostam na Telemania, na Mega-sena, na Lotomania, na Dupla-sena, na Quina. Falando em quina, eu já acertei nela, mas foi na da mesa.

Será que tem crente que sonha em ser rico e para isso está disposto em todas as semanas fazer uma aposta nessas loterias? É claro que tem. Um dia desses vi um irmão com uma dessas cartelas na mão. Não sei se ele estava com a intenção de arriscar pagar por ela, mas que estava em sua mão, isso estava!

Na verdade, todo crente é rico. Por acaso há riqueza maior do que alguém ter Cristo em sua vida? Paulo escreveu: “Porque em tudo fostes enriquecidos nele, (em Cristo) em toda a palavra e em todo o conhecimento” (1Co 1.5).

Pode ser que o crente não tenha um bom salário, ou não tenha saldo em sua conta bancária; porém, o que ele não tem é como se tivesse. O mesmo apóstolo assim escreveu: “Como contristados, mas sempre alegres: como pobres, mas enriquecendo a muitos: como nada tendo, e possuindo tudo” (2Co 6.10).

Ora, se ser rico fosse sinônimo de um alto nível de espiritualidade, como muita gente por aí está propagando em muitos púlpitos nas igrejas, então o próprio Jesus Cristo não teria se tornado pobre quando veio ao mundo! Eis o que diz as Escrituras: “Porque já sabeis a graça de nosso Senhor Jesus Cristo, que, sendo rico, por amor de vós se fez pobre; para que pela sua pobreza enriquecêsseis” (2Co 8.9).

Por fim, tenho um conselho para aqueles irmãos que de vez em quando são tentados a jogar em uma dessas loterias a fim de enriquecerem: “… enriqueçam em boas obras, repartam de boa mente, e sejam comunicáveis” (1Tm 6.18b). Isto sim é que é riqueza, isto sim é que é mudança de vida!

Comentários

comentário(s)

Mais em Palavra Pastoral

Subir