Redes Sociais

REDE NEWS 360

O que o cidadão comum pode fazer pela segurança pública?

Erick Guerra

O que o cidadão comum pode fazer pela segurança pública?

A Constituição Federal do Brasil retrata a Segurança Pública como DEVER do Estado e RESPONSABILIDADE de TODOS. Atualmente a Insegurança Pública é, sem dúvida, a maior causa social da atualidade. Não podemos simplesmente cruzar os braços e esperar uma solução que “venha de cima”, pois a situação tem piorando com a passividade da população e a corrupção/inépcia da classe política.

Nesse espírito, vamos elencar algumas atitudes de cidadania em prol da Segurança que qualquer pessoa pode ter:

1- Tome ciência dos cuidados de Segurança necessários para a dificultar a ação de meliantes. pratique esses cuidados e estenda a prática a seus familiares;

2- Colabore com as Forças Policiais no local onde vive. A Lei do Silêncio ou a passividade do cidadão de bem só beneficia o criminoso;

3- Denuncie qualquer ilícito de que tenha conhecimento, pelos telefones 190 ( disk emergência policial), 181( disk denúncia) ou procurando presencialmente a Delegacia mais próxima;

4- Repudie a cultura do marginal expressa em filmes, novelas, livros ou em qualquer espaço educacional. Não há ligação entre a pobreza e o crime ( a maioria dos pobres é honesta e há ricos bandidos), ser marginal não é futuro para ninguém, as drogas só trazem atraso e morte, bem como o “bom bandido” é a ficção mais danosa já criada. Saia do raio de ação desse tipo de idéias influenciadoras para o mal e tire sua família dessa. A raiz de tudo está na educação e cultura: professores, artistas e pensadores que denigrem a polícia e exaltam o marginal estão na raiz da sua Insegurança Pública, são a rede de apoio que legitima corruptos, traficantes e estupradores;

5- Repudie o discurso de Direitos Humanos, quando se refere aos “Direitos dos Manos”. Não dê asas a defensores de assassinos, traficantes e estupradores, que gritam, denunciam e choram por um criminoso preso, mas viram as costas para as vítimas do mesmo vagabundo. Muitas dessas entidades e políticos dos Direitos dos Manos são mantidos por Facções Criminosas;

6- Atente para o fato de que a solução para os problemas de Segurança Pública estão ligados a uma gestão política que combata o crime e invista nas polícias. Isso merece atenta reflexão e exame: a Insegurança na sua vizinhança também é fruto do descaso nas políticas públicas, junto com a opção dos vagabundos pelo crime;

7- Não vote em políticos envolvidos com crimes e corrupção, pois são esses bandidos políticos que sucateiam a Segurança Pública, fazem leis que protegem os marginais e que não resolvem o problema da punição dos maus por uma questão de autodefesa;

8- Partidos políticos ligados a corrupção e/ou que promovem políticas de “Direitos dos Manos” devem ser banidos da política nacional, pois são Organizações Criminosas de colarinho branco que lutam CONTRA o cidadão de bem e a justiça social – mesmo que mintam afirmando o contrário. Faça campanha contra tais Partidos Políticos pró-bandidos, não vote neles e apoie seus adversários;

9- Milite em movimentos sociais de apoio a polícia ( nas redes sociais, reuniões ou carretas) e ao trabalho anticorrupção promovido pelo Judiciário ( como a Operação Lava-jato). Lembre que a Segurança Pública inclui os profissionais do Sistema Penitenciário, das Polícias Científicas ( ITEPS), Agentes de Trânsito e Guardas Municipais. Sua valorização profissional e condições de trabalho são determinantes para a Ordem que o cidadão quer ver imperar na Sociedade;

10- Se conscientize que o momento atual é de verdadeira catástrofe na Segurança Pública: há uma verdadeira guerra civil em andamento! Procure conhecer o problema a fundo e discutir as possíveis soluções. É necessário romper de vez com toda a política decadente das últimas décadas nesse Brasil onde o crime compensa, os maus são poupados e os bons são sacrificados;

11- Lembre-se que sua cidadania é sua arma: em 2018 é o eleitorado que dirá quem será o Presidente da República, os novos legisladores federais (Senadores e Deputado Federais), os Governadores dos Estados Federativos e os Legisladores Estaduais ( Deputados Estaduais). É a hora de varrer ineptos e corruptos, defensores de bandidos e gente sem espírito público. Uma boa faxina trará bom futuro! Dê chance a novas pessoas com propostas para a Segurança e invista nos Políticos que estão fora do Crime e com vontade de trabalhar – cobrando os resultados, daí para frente;

12- Lute pela revisão ou revogação das Leis e dispositivos legais que estão trazendo o prejuízo na segurança da sua família, para benefício dos bandidos, como são exemplos: o Estatuto da Criança e do Adolescente, o Estatuto do Desarmamento, as Audiências de Custódia, e outros. Conheça essas leis e entenda como elas geram impunidade e algemam a polícia, deixando a Sociedade a mercê dos marginais ;

13- Atitude é tudo: só vamos ter vitória no Brasil se a população lutar essa Guerra como Guerra. Você e sua família são população, a polícia é população, familiares de policiais são população, políticos que apoiam a polícia são população – e somente com a união de TODOS destruiremos o mal!

Comentários

comentário(s)

Mais em Erick Guerra

Subir