Redes Sociais

RN 360º

Passados 54 anos, há o que comemorarmos em Felipe Guerra?

Pinga Fogo

Passados 54 anos, há o que comemorarmos em Felipe Guerra?

O município de Felipe Guerra celebra 54 anos de emancipação política e nesta abordagem quero me dirigir especialmente aos conterrâneos, para os quais lanço uma pergunta: Há o que comemorarmos?

O momento nos convida a esta reflexão e, na minha opinião, há muito a ser comemorado.

A começar pela história de luta e superação deste povo aguerrido, o qual tem a felicidade como característica.

Embora o município enfrente dificuldades no tocante a geração de emprego e renda, há sempre clima para uma festança, com muita música, cerveja gelada e carne assada. Quem tem dinheiro come e bebe. Quem não tem, também. Assim queria.

Não temos pedintes, nem moradores de rua. Embora uns com mais e outros com menos, vivemos todos agasalhados e alimentados.

Morte por suicídio é algo que passamos até de uma década sem registro. O número de pessoas com depressão também é baixíssimo. Isso porque, graças a Deus, nosso povo aprendeu a ser feliz seja com muito ou com pouco, e quem é feliz quer mesmo é viver a vida em sua plenitude.

O índice de violência também é baixo. Felipe Guerra é uma cidade tão pacata que qualquer ocorrência na área policial é motivo de espanto, pois, na cidade que tem Guerra em sua denominação, quem reina mesmo é a paz.

Duvido alguém passar uns dias em nossa terrinha e não se encantar com suas belezas naturais e a forma como será acolhido. Venha de onde vier, basta que venha em missão de paz.

Geralmente o desejo dos que visitam a cidade de Felipe Guerra é o de ficar e nela constituir morada, pois, no mundo de hoje, os encantos e o acolhimento da nossa terrinha não encontramos em qualquer lugar.

No tocante ao desenvolvimento infraestrutural e econômico, é bem verdade que nosso município está bastante atrasado, se comparado com outros de mesmo porte das regiões do Alto Oeste e da Costa Branca, por exemplo.

Quando recordamos o passado da nossa administração pública municipal, à época em que fomos alvos de chacota na região, encontramos a explicação para o atraso. Felizmente já resgatamos o orgulho de dizermos que somos felipenses.

Atualmente não podemos dizer que temos uma administração imune a algumas críticas construtivas de quem espera aceleração no ritmo das ações desenvolvimentistas. Mas podemos facilmente constatar que, nos últimos 4 (quatro) dos 54 anos, tivemos avanços significativos.

Considero o mais importante dos avanços a forma ética, responsável, zelosa e inclusiva como passou a ser conduzida a administração pública de Felipe Guerra, em todas as suas áreas.

Além de termos os serviços essenciais à população funcionando rigorosamente bem, de sabermos que os servidores públicos municipais vem sendo tratados de forma digna e respeitosa, de vermos realizadas importantes obras de infraestrutura, podemos dizer que vencemos a era dos governos marcados pela exclusão social.

Ainda há muito a ser realizado para que tenhamos uma Felipe Guerra verdadeiramente desenvolvida, capaz de oferecer mais oportunidades para os seus filhos e filhas. Mas acredito que agora estamos no caminho certo e que nossas gerações ainda darão grande contribuição neste sentido.

Enquanto isso, vamos sim comemorar os resultados até aqui alcançados, pois tais resultados vieram através de muita  luta e perseverança daqueles que verdadeiramente querem o melhor para esta cidade.

Parabéns Felipe Guerra e todos os seus filhos, estejam eles onde estiveram!

E que venham os próximos 54 anos!

Comentários

comentário(s)

RN 360º - Seu portal de notícias.

Mais em Pinga Fogo

Subir