Redes Sociais

REDE NEWS 360

A omissão da bancada federal do RN

RN em Tópicos

A omissão da bancada federal do RN

Profundamente lamentável o que está acontecendo com o RN. A nossa bancada federal além de se encontrar, quase toda, acusada de corrupção, agora acham de cruzar os braços quando o assunto é defender o estado e amenizar a situação do servidor público. Enquanto o governador Robinson Faria enfrenta a situação, em um momento de muita dificuldade, ninguém vê um grito a seu favor. É apenas ele e o deputado Fábio Faria que com certeza está na luta por ser filho. Caso contrário cruzaria os braços como os demais. É um fato por demais deplorável. E essa turma ainda tem coragem de subir em um palanque e tentar um emprego às custas do povo sofrido do Rio Grande do Norte.

IGUALDADE NO SENADO

E não venham com história de que falta força para isso, pois a bancada no Senado tem um peso igual em todos estados do país. São em número de três. No entanto, até agora nem um dos potiguares se manifestou em defesa do Rio Grande do Norte, ora tão combalido economicamente e enfrentando sérios problemas. Está mais do que na hora de Fátima, Garibaldi e José Agripino, reagirem.

A SERVIÇO DO POVO

Eles três que foram colocados lá mo Senado Federal, graças ao voto da grande maioria do povo potiguar. Os senadores Garibaldi Filho e José Agripino, pelo menos a dezesseis anos, estão tendo o seu ‘emprego’ garantido e agora, por último, foi a vez de Fátima Bezerra. Nos palanques, quando é época de eleição, prometem de tudo e quando chegam ao ‘Céu do Senado’ esquecem os discursos e de cumprirem o que foi apalavrado.

BRAÇOS CRUZADOS

E não é a primeira vez que a bancada federal do RN – deputados e senadores – cruzam os braços quando o estado enfrenta situação de dificuldades. Foi assim quando a governadora era a hoje prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini. Ela foi deixada sozinha na luta, contra tudo e todos. E mais, uma articulação política poderosa foi engendrada e tiraram dela o direito de concorrer à reeleição. Isso é lamentável. Tá na hora de se dar um basta!

A RESPOSTA

É o que precisa ser dada em 2018 pelo povo do nosso estado, a estes políticos que hoje nos “representam” no Congresso Nacional e, também em âmbito da Assembleia Legislativa. O que se percebe nos momentos atuais, é tão somente o desejo deles em se elegerem, depois se reelegerem, repassarem os mandatos aos filhos e/ou parentes mais próximos e assim se perpetuarem no poder.

EXEMPLOS

Temos os mais claros possíveis. Nos bastidores políticos, conforme as rodas de conversa, o ex-deputado federal Henrique Eduardo Alves, que se encontra preso diante de graves acusações de corrupção investigadas pela Operação Lava Jato, prepara o surgimento nos tablados políticos já para 2018, uma pessoa de sua mais inteira confiança e que ocuparia sua vaga. Seria um de seus filhos a irem às ruas pedir votos. Aguardemos pra ver.

PENSEM NO POVO

Na realidade, não temos nada contra o surgimento de novos nomes. Mas que tragam novas idéias, pensamentos inovados e, que pensem um pouco mais, reflitam sobre quem está conduzindo-os à Brasilia para, uma vez chegando lá, lutarem pelo desenvolvimento do nosso estado. Que pensem mais no povo e ajudem o nosso governante estadual, em vez de ficarem somente atirando pedras e usufruindo das benesses do parlamento federal.

UMA BOA NOTÍCIA

O melão potiguar, que é cultivado em abundancia aqui no nosso vizinho município de Baraúna, deve ganhar exclusividade na mesa dos mais de 2,5 milhões de chineses nesse ano de 2018. Das 250 toneladas exportados pelo Brasil, pelo menos 60% saem do Rio Grande do Norte, pelos portos de Natal e Pecém no estado do Ceará. Esses dados são da Femurn. Pelo menos essa agradável notícia diante de tantos problemas vividos.

MENSAGEM

Que o amor de Deus faça florescer em nossos corações a fé, sentimento que o ser humano a cada dia tanto necessita para poder enfrentar as intempéries causadas pela violência. A cada novo amanhecer, invoquemos a Cristo por mais saúde e paz, e que com isso tenhamos um 2018 abençoado.

JOSÉ AGRIPINO E GARIBALDI ALVES

Os nossos mais antigos senadores ainda em atividade, integrantes de tradicionais famílias do RN e que em 2018 vão às ruas novamente suplicarem o voto do povo para terem os seus mandatos renovados, começam a se sentirem acuados diante dessa intenção. Levantamentos de opiniões estão mostrando que o povo está tendencioso a lhe dar uma resposta contundente nas urnas, em detrimento ao que eles têm feito em favor do nosso estado, isto é, nada, durante quase duas décadas em que se encontram encastelados em Brasilia. A nossa população não tem nada que agradecer a nenhum deles. Muito pelo contrário. E pasmem os senhores, a preocupação maior desses parlamentares é no sentido de renovarem os seus mandatos, se manterem com foro privilegiado, haja vista a suspeita de envolvimento deles nesse mar de corrupção onde o Brasil se acha mergulhado.

Fale conosco no colunarnemtopicos@gmail.com.

Comentários

comentário(s)

Empresário da comunicação há mais de três décadas, presidente do sistema Rede News 360 de Comunicação.

Mais em RN em Tópicos

Subir