Redes Sociais

Souza cobra regularização no abastecimento de água de municípios na região salineira

Abastecimento

Souza cobra regularização no abastecimento de água de municípios na região salineira

Por iniciativa do deputado Souza (PHS), a Assembleia Legislativa promoveu audiência pública nesta quinta-feira (28), em Pendências, para discutir a situação hídrica dos municípios de Macau, Guamaré e Pendências. Durante o debate, o parlamentar cobrou respostas acerca da proposta anunciada em 2017 pela Caern, para a construção de uma adutora visando regularizar o abastecimento dessas cidades.

“Naquela oportunidade a diretoria técnica do órgão apresentou como solução alternativa à construção de uma adutora denominada Afonso Bezerra-Pendências, de onde a partir de quatro poços artesianos já perfurados partiria esse sistema que solucionaria o problema dos abastecimentos das cidades de Pendências, Macau e Guamaré, além de Alto do Rodrigues. Esperamos avanços nessa temática, buscando resolver os entraves burocráticos para a viabilização desse projeto”, disse Souza.

Presente na audiência, o engenheiro da Caern, Salatiel Rocha, esclareceu que o órgão vem buscando “alternativas financeiras” para a construção da adutora, orçada em R$ 70 milhões. Segundo o técnico, o sistema prevê uma extensão de 48km e uma vazão de 1500 metros cúbicos por hora, com capacidade para atender, inicialmente, cerca de 80 mil pessoas.

Além da ausência da fonte de recursos para financiamento do projeto, o engenheiro relacionou também pendências relativas aos documentos exigidos aos municípios envolvidos, que tratam sobre a regularização dos contratos de prestação de serviços e da delegação de agência reguladora. Segundo ele, apenas a cidade de Porto do Mangue possui hoje toda a documentação necessária. “Mesmo que hoje tivéssemos os recursos financeiros, esbarraríamos nessa questão. É uma exigência da fonte financiadora”, alertou.

Para o representante da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Paulo Varela, a construção da adutora é estratégica tanto para o abastecimento humano quanto para a gerência da barragem Armando Ribeiro Gonçalves. “Pela importância desse sistema, estou certo que o Governo do Estado vai se empenhar e somar esforços para assegurar os recursos financeiros para a obra”, falou.

O prefeito do município de Guamaré, Adriano Diógenes (MDB), entende que o valor avaliado para a construção do sistema adutor é expressivo, mas o retorno prático e benefícios para a região são maiores que o volume dos recursos. “O Governo tem que assumir esse sistema como uma condição para o desenvolvimento do Rio Grande do Norte”, defendeu ele.

Participaram da audiência pública vereadores, gestores e representantes da sociedade civil dos municípios de Pendências, Macau e Guamaré. Ainda nesta quinta-feira, a Assembleia Legislativa também vai debater a situação hídrica dos municípios de Porto do Mangue e Areia Branca, em audiência pública agendada para às 15h em Areia Branca.

Encaminhamentos

Ao final do debate em Pendências, o deputado Souza anunciou que vai buscar mobilizar a bancada federal do Rio Grande do Norte, assim como a governadora Fátima Bezerra (PT), em prol da alocação de recursos para financiamento do sistema adutora em questão.

A Caern, por sua vez, comprometeu-se a oficiar os municípios envolvidos quanto à documentação necessária para a viabilização do processo de financiamento do sistema.

Fotos: João Gilberto

Comentários

comentário(s)

RN 360º - Seu portal de notícias.

Mais em Abastecimento

Subir