Redes Sociais

RN 360º

RN 360º

Mesmo amargando perda de quase R$ 2 milhões na arrecadação, Tulio paga folha de efetivos e concentra esforços na recuperação de receita

Macau

Mesmo amargando perda de quase R$ 2 milhões na arrecadação, Tulio paga folha de efetivos e concentra esforços na recuperação de receita

Mesmo vivenciando perda de receita de quase 2 milhões de reais entre os meses de dezembro/2018 a março/ 2019 – Dezembro = R$ 7.011.604,22; Janeiro = R$ 6.080.400,91; Fevereiro = R$ 5.830.939,72 e Março = R$ 5.079.108,87 – nas 3 principais rubricas (FPM, ICMS e ROYALTIES), o prefeito Tulio Lemos cumpriu com o pagamento dos servidores efetivos e no dia 28 passado já havia encaminhado a folha para o Bradesco, no valor de R$ 2.341.760,99.

Para Tulio, “não temos que ficar olhando só para as dificuldades e para isso é que já somamos várias providências no sentido de recuperar receita. A arrecadação com royalties chegou a R$ 3.600.000,00 e hoje é pouco mais que 1 milhão e 300 mil reais. O ISS da Petrobras chegou a ser de 1 milhão e 800 mil reais e hoje não chega a 50 mil reais/mês. O município já teve arrecadação mensal que chegou aos 10 milhões de reais e decorridos 5 a 6 anos, com as despesas de consumo se avolumando e as folhas de servidores efetivos e aposentados em crescente, a arrecadação média está em torno de 7,5 milhões de reais. Esses números falam mais que quaiaquer palavras para mostrar o momento em que estamos vivendo”.

Até o final do próximo mês de maio a administração municipal espera ter uma arrecadação extra vinda da recuperação do ISS das empresas geradoras de energia eólicas, da ordem de 15 milhões de reais. Para o prefeito Tulio Lemos, “estamos com varias ações de recuperação de receita tanto no ISS, quanto no ICMS, no FPM, nos ROYALTIES e no ISS Marítimo e isso não só nos trará um alento nas finanças do municipio, mas também permitirá investimentos na infraestrutura para gerar futuras receitas” Estamos trabalhando de olho num futuro promissor para Macau, finalizou Tulio.

Foto: Divulgação

Comentários

comentário(s)

RN 360º - Seu portal de notícias.

Mais em Macau

Subir