Redes Sociais

RN 360º

Sandra cobra medidas enérgicas da bancada federal em defesa do sal potiguar

Foto: Edilberto Barros

Cobrança

Sandra cobra medidas enérgicas da bancada federal em defesa do sal potiguar

A vereadora Sandra Rosado (PSDB), cobra, da bancada federal do Rio Grande do Norte, posicionamento mais firme, junto ao Governo Federal, uma semana após o presidente Jair Bolsonaro (PSL) anunciar prorrogação da suspensão da medida antidumping ao sal chileno, que prejudica diretamente a indústria salineira potiguar, responsável pela produção de 95% do sal produzido no Brasil.

“Passou-se uma semana desde que a medida altamente prejudicial ao sal do Rio Grande do Norte foi anunciada e não vimos nenhuma reação efetiva da bancada federal potiguar em defesa da indústria salineira do nosso estado. Medidas enérgicas precisam ser adotadas ou veremos o setor amargando sérios prejuízos, comprometendo, até mesmo, empregos de pais e mães de famílias potiguares”, cobra Sandra Rosado.

A parlamentar lembrou ainda a importância da união da bancada federal potiguar para o fortalecimento dos pleitos em defesa da indústria do sal no estado. “Quando deputada federal sempre defendi o setor salineiro, porque entendo que é essencial à economia estadual, e agora, como vereadora mossoroense, faço aqui um apelo, para que deputados federais e senadores se unam neste momento e busquem meios para que a medida antidumping seja revertida”, apela.

A prorrogação da suspensão de medida antidumping no preço de compra do sal chileno foi anunciada no último dia 12, pela Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia. A ação antidumping proibia a importação de sal do Chile com valores mais baixos que a produção nacional.

Comentários

comentário(s)

RN 360º - Seu portal de notícias.

Mais em Cobrança

Subir