terça-feira, março 2, 2021

Sem ação, em duas semanas Brasil viverá cenário de guerra, dizem especialistas

“Vamos ter pessoas morrendo em casa ou morrendo na porta dos hospitais, porque não vamos ter onde interná-las. Vamos ter um cenário de guerra”,...
More

    Últimas Notícias

    Hospitais particulares de Natal estão com mais de 90% dos leitos críticos para Covid-19 ocupados

    Unidades de Pronto Atendimento (UPA) da capital também tem aumento na ocupação de leitos, com uma delas já superlotada.

    Os principais hospitais particulares de Natal iniciaram esta segunda-feira (22) com mais de 90% dos leitos críticos para Covid-19 ocupados. O aumento nas unidades privadas acompanha a lotação dos hospitais públicos, que já atinge mais de 90% na Grande Natal e mais de 80% no Rio Grande do Norte.

    Quem também passa a sofrer pressão nos leitos para a doença são as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da capital. A UPA Cidade Satélite amanheceu a segunda-feira com 105% de lotação.

    Entre os hospitais privados, o Hospital Rio Grande informou que todos 17 leitos de UTI para Covid-19 e os 20 semi-intensivos estão completamente ocupados. A diretoria do hospital disse ainda que o pronto socorro da unidade teve aumento de 30% no número de atendimentos na semana passada.

    No Hospital São Lucas, a ocupação também está em 100% nos leitos para Covid-19, segundo a direção da unidade. O hospital informou ainda que a procura de pacientes com síndrome respiratória cresceu e que, no pronto socorro, o aumento chegou a até 90% nos últimos dias.

    Outra unidade em que o atendimento no pronto-socorro aumentou foi o Hospital do Coração. No domingo (21), o hospital precisou fechar o pronto-socorro por 4 horas por não comportar o número de pacientes.

    Segundo a direção do hospital, a segunda-feira (22) começou com todos os leitos Covid-19 ocupados. À tarde, a UTI tinha 95% da ocupação.

    Já o Hospital da Unimed suspendeu as cirurgias eletivas pelos próximos 14 dias, sendo mantidas apenas as as obstétricas e oncológicas. A unidade não informou qual a porcentagem de ocupação dos leitos críticos, mas disse que está funcionando com quase toda a capacidade, e informou que deve aumentar a capacidade de atendimento em 25% para suportar a demanda, além de abrir novos leitos.

    No Hospital Antônio Prudente, do sistema Hapvida, a ocupação nos leitos de UTI para Covid-19 é de 76%.

    UPAs têm aumento na ocupação

    A situação nas UPAs em Natal também preocupam. Na UPA Cidade Satélite, nesta segunda-feira (22), a ocupação dos leitos Covid-19 chegou a 105%, segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Natal. Quem procurou a unidade teve dificuldade até para ser atendido.

    UPA Cidade Satélite, em Natal, tem ocupação de leitos acima de 100% — Foto: Sérgio Henrique Santos
    UPA Cidade Satélite, em Natal, tem ocupação de leitos acima de 100% — Foto: Sérgio Henrique Santos

    Nas outras UPAs da capital, houve um aumento de ocupação e atendimento, apesar de não apresentarem superlotação.

    Na UPA Potengi, na Zona Norte de Natal, a ocupação era de 75% na manhã desta segunda-feira. Na UPA Pajuçara, era de 60%, a mesma ocupação da UPA Cidade da Esperança.

    Outra unidade que tem ocupação alta neste inicio de semana é o Hospital dos Pescadores, no bairro das Rocas. Nesta segunda-feira, a ocupação chegou a 90%.

    G1-RN

    Últimas Notícias

    Veja Também