quarta-feira, abril 14, 2021

Sem lockdown, chegaremos a 5 mil mortes diárias no fim de abril, diz pesquisador da Fiocruz

Coordenador do Observatório Covid-19 da Fiocruz, o professor Carlos Machado é um especialista em grandes desastres na área da saúde. Há mais de 20...
More

    Últimas Notícias

    Auxílio emergencial: Pessoas passam noite na fila de agência do RN mesmo sem autorização para saque do benefício

    Começa nesta terça (6) o pagamento da primeira parcela do Auxílio Emergencial para pessoas nascidas em janeiro que não recebem Bolsa Família. Por enquanto, recurso só pode ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem.

    O primeiro dia de pagamento da nova parcela do auxílio emergencial teve filas nas agências da Caixa Econômica, no Rio Grande do Norte. Na agência da Caixa Econômica da avenida Coronel Gurgel, em Mossoró, a fila começou a se formar ainda na noite de segunda-feira (5). Entre as pessoas, algumas que sequer sabiam se teriam direito ao auxílio emergencial.

    Esta terça-feira (6) marca o início do pagamento da primeira parcela do Auxílio Emergencial para pessoas nascidas em janeiro que não recebem Bolsa Família. As filas se formaram mesmo sem a possibilidade de saques do benefício, o que só poderá ocorrer para este grupo a partir de 4 de maio.

    O pagamento da nova rodada do Auxílio Emergencial está sendo feita diretamente em conta poupança digital da Caixa, que pode ser movimentada, por enquanto, apenas pelo aplicativo Caixa TEM. Os recursos ainda não podem ser retirados nas agências. Também não é possível se cadastrar para receber o benefício.

    A desempregada Alcione Santos chegou às 18h de segunda-feira (5) e ainda não sabia se iria ter direito de receber o auxílio dessa vez. É que o celular em que ela usava o aplicativo Caixa Tem foi roubado no começo do ano. “Vim ver, para saber quando vou receber o dinheiro”, disse.

    O autônomo Gildécio Soares trocou de celular e não está conseguindo ter acesso ao aplicativo. Para ele, a parcela do auxílio emergencial será de R$ 150 e deve ser liberada ainda esta semana. Por isso, ele afirma que foi à agência para conseguir ter acesso à conta digital e poder usar o benefício.

    “Tentei em casa mas não consegui ter acesso. Da outra vez que aconteceu isso, no ano passado, só consegui resolver vindo aqui na Caixa”, explicou.

    Francisco Gomes foi à agência em busca de outro serviço: o seguro desemprego. Mas, por causa do pagamento do auxílio emergencial, afirma que resolveu chegar cedo.

    “Eu sabia que iria ter muita gente na Caixa e por isso decidi vir logo cedo para não passar o dia todo aqui”, disse o homem que perdeu o emprego de gari há 15 dias.

    Depois do primeiro grupo de beneficiários do Auxílio Emergencial que está recebendo o pagamento a partir desta terça, formado por quem nasceu em janeiro e não recebe o Bolsa Família, a liberação para os próximos grupos começa em abril, para quem nasceu em fevereiro e para quem já recebe Bolsa Família. Veja o calendário completo de pagamentos de todos os grupos de beneficiários. De acordo com a Caixa, as agências funcionam no horário padrão das 8h às 13h.

    G1

    Últimas Notícias

     


    Veja Também