segunda-feira, maio 17, 2021

Sem lockdown, chegaremos a 5 mil mortes diárias no fim de abril, diz pesquisador da Fiocruz

Coordenador do Observatório Covid-19 da Fiocruz, o professor Carlos Machado é um especialista em grandes desastres na área da saúde. Há mais de 20...
More

    Últimas Notícias

    Campanha Diga SIM da LBV mobiliza sociedade no apoio às famílias que enfrentam a fome no RN  

    No Nordeste, o Estado ocupa o terceiro lugar com o maior índice de domicílios sem alimentos .

    Milhares de pessoas não têm o que comer: falta-lhes o alimento básico. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em cinco anos, a fome aumentou no Brasil e já são 10,3 milhões de pessoas que vivem em insegurança alimentar grave no país. A fome é mais prevalente nas áreas rurais, atinge mais os domicílios chefiados por mulheres e quase metade dos famintos são da região Nordeste. Outra preocupação é a alta nos preços dos alimentos que também afeta as famílias mais vulneráveis, principalmente as que moram com pessoas abaixo dos 18 anos. 

    Por isso, a Legião da Boa Vontade (LBV) continua sua intensa mobilização social, por meio de suas campanhas emergenciais que visam angariar donativos para entregar itens essenciais, a exemplo do leite, que compõe a cesta de alimentos, tão necessário para reforçar a alimentação da família e ajudar no desenvolvimento de crianças. 

    Em todo o Rio Grande do Norte são 81 mil casas com Insegurança Alimentar do tipo grave. Isso é o equivalente a 7,6% dos domicílios, onde moram 282 mil pessoas. Para que o domicílio seja classificado dessa forma, pelo menos uma pessoa da casa precisa ter passado fome, ou seja, ficado sem comer o dia inteiro por falta de dinheiro para comprar alimento. Esse índice é o terceiro pior do Nordeste, apenas Alagoas (7,7%) e Maranhão (12,3%) ficam à frente. 

    A LBV precisa de doações para continuar prestando o atendimento a milhares de famílias em vulnerabilidade social e em risco alimentar que foram fortemente afetadas com os impactos socioeconômicos da pandemia da Covid-19. A meta da LBV é entregar por meio da Campanha Diga SIM, até agosto, nas cinco regiões do país, 85 mil cestas de alimentos242 mil litros de leite91 mil kits de higiene e de limpeza; e ainda 20 mil cobertores para famílias que residem em regiões onde o inverno é mais rigoroso, além de continuar com todo atendimento em suas 82 unidades socioeducacionais. 

    No Rio Grande do Norte, a Instituição com sua Sede em Natal, tem provido famílias em dezenas de municípios como Baía Formosa, Canguaretama, Pedro Avelino, Pedro Velho, Macaíba, São Tomé e Vera Cruz, atendendo mais de 3 (três) mil famílias pobres. 

    Na capital são mais de quinhentos lares assistidos pela LBV, oriundos dos Bairros, Bom Pastor, Cidade da Esperança, Felipe Camarão, Nazaré, Quintas, Dix-Sept Rosado, e das comunidades de Mereto, Olga Benário, Lenigrado, Monte Celeste, Heleny Ferreira. 

    SAIBA COMO AJUDAR: 

    Acesse www.lbv.org.br e colabore. Selecione a opção que desejar e, de coração, doe qualquer valor. Se preferir, faça uma transferência bancária pelo PIX oficial da LBV:pix@lbv.org.br

    CONTAS BANCÁRIAS: 

    Bradesco: Agência: 0292-5 — C/C: 92830-5 

    Itaú: Agência: 0237 — C/C: 73700-2 

    Banco do Brasil: Agência: 3344-8 — C/C: 205010-2  

    Caixa Econômica Federal: Agência: 1231 — operação: 003 — C/C: 100-0 

    Santander: Agência: 0239 — C/C: 13.002754-6 

    Confira essas e outras ações realizadas pela LBV no endereço @lbvbrasil no Facebook, no Instagram e no YouTube.  

    Últimas Notícias

     


    Veja Também