quarta-feira, abril 14, 2021

Sem lockdown, chegaremos a 5 mil mortes diárias no fim de abril, diz pesquisador da Fiocruz

Coordenador do Observatório Covid-19 da Fiocruz, o professor Carlos Machado é um especialista em grandes desastres na área da saúde. Há mais de 20...
More

    Últimas Notícias

    Professora rebate versão da SEEC e confirma massacre à sua categoria com atrasos de salários

    Após nota da Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC) negando o massacre do governo Fátima Bezerra a professores do Estado com atraso de salários, em um grupo no WhatsApp uma professora, vítima da situação, que terá sua identidade preservada como forma de tentarmos evitar que ela sofra perseguição, disse não ter se convencido após os esclarecimentos divulgados pela SEEC e relatou como tem sido tratada. A professora relata que para receber seu salário teve que esperar um mês inteiro por uma simples assinatura do Secretário de Estado da Educação e da Cultura, Sr. Getúlio Marques Ferreira, o que não aconteceu e ela teve que ir pessoalmente na SEEC pedir ao subsecretário para assinar. Confira:

    Intimidação à imprensa

    O governo Fátima Bezerra já não esconde sua intolerância e desrespeito à imprensa potiguar. Prova disso é que a Assessoria de Comunicação Social do Rio Grande do Norte criou um site, denominado RN Fato ou Fake, com o claro propósito de intimidar a imprensa potiguar, descredibilizar o trabalho de veículos de comunicação independentes e constranger blogueiros, jornalistas e profissionais de mídias eletrônicas em geral. Conforme se pode constatar no Registro.br, o site é administrado pela publicitária do próprio Governo, a Sra. Lana Mendes Cavalcanti. O site foi usado para taxar como fake a reportagem do REDE NEWS 360 a qual expôs o massacre que vem sofrendo professores do Estado. Confira:

    Últimas Notícias

     


    Veja Também