quarta-feira, setembro 22, 2021

Brasil terá terceira onda de Covid no inverno e 751 mil mortos até setembro se não acelerar vacinação, diz estudo

O Brasil registrou queda de 19% na média móvel de mortes por Covid-19 nas duas últimas semanas. Em 18 das 27 unidades de federação,...
More

    Últimas Notícias

    Saúde pública é um verdadeiro caos no RN com o Governo Fátima Bezerra

    A atual gestão do RN parece ter fechado os olhos para o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel (HMWG) em Natal, e o deixa literalmente “entregue às baratas”, como diz o ditado popular. Notícias em blogs circulantes Estado afora, classificam isso como algo extremamente desumano. A maior unidade hospitalar do RN, conforme mostram fotos e vídeos, vive momentos dramáticos. Pacientes com problemas, expostos, ao abandono nos corredores e até na recepção daquela casa. Prova clara do desgoverno potiguar que, em vez de trabalhar somente faz discursos. Se é que existe gestão pública neste território. Já se passaram 2 anos e 7 meses, com nada sendo apresentado ao bem estar do povo. Os norte-rio-grandenses a catar alguém que possa pelo menos minimizar este sofrimento. Os inquilinos do Palácio Potengi, pois da forma que vem sendo administrado, continuam caindo num buraco sem fundo. São desmandos somados a desmandos de Governos passados e a acumular-se com o atual, este ter prometido ao povo, algo do tipo “um pedaço do céu na terra”. E tão logo ele se dê por encerrado, em dezembro de 2022, já vai tarde.

    DIFÍCIL  

    Simplesmente o Governo Fátima Bezerra não atende em nada os anseios da grande maioria do povo potiguar. Se registra como um dos piores das últimas décadas. Mas também não é para menos, a gestora é de origem paraibana e pouco conhece sobre a história do Rio Grande do Norte, onde se concentram os problemas, gargalos a necessitar de serem solucionados. É esperar que em 2022, se tenha um fim para esta sofreguidão toda.

    CPI DA COVID-19

    A população torce para que esta peça investigativa possa resultar em alguma coisa. São milhões de reais depositados nas contas do Estado para o combate à pandemia e, até agora, não foi mostrada nenhuma prestação de contas. Coisa gritante. Algo em torno de R$ 5 milhões entregues a um tal de “Consórcio Nordeste”. Este dinheiro, dizem, foi para a compra de respiradores pulmonares que nunca chegaram ao seu destino final. É isto que o povo quer saber.

    DESMANDOS

    São muitos, enormes e escritos nos murais da histórica tão propalada CPI. E que seja incluída na pauta a questão referente ao Hospital Walfredo Gurgel em Natal, exposto ao Deus dará. São ofícios de um Governo que não olha para o RN. Que não correspondeu ao povo a ir às urnas em 2018 lhe confiar a luta por melhores dias. Nada aconteceu. A gestão petista continuará assim nos descompromissos, pelo menos até 31 de dezembro de 2022.  

    TUDO PELO PODER

    O PT de Lula e o MDB de Baleia Rossi estarão num mesmo palanque nas eleições de 2022. É o que se acha escrito na imprensa a partir do Planalto Central e região sudeste do País. E recordar as brigas ferrenhas no plenário do Congresso nacional, idos de 2015, que ocasionou na cassação do mandato da presidente Dilma Rousseff. Agora, eles se abraçam novamente. Nada mais do que o enredo triste da política brasileira. O poder sobre tudo.

    TUDO PELO PODER II

    Fazem qualquer negócio, acordos. Os mais escusos e, na maior ‘cara de pau’. Não importa como chegar lá. Tudo é possível de ser arrumado. E no RN estes ensinamentos vêm sendo seguidos, nos mínimos detalhes. Basta ver, a partir da capital da cidade de Natal, as negociatas que acontecem nos ‘subúrbios’ politiqueiros. Sem esquecer de construir um ‘discurso bonito’  para apresentá-lo à massa falida que é o povo.

    FIM DA ERA ROSALBA

    A meu ver, pelo acompanhamento que faço da política, vislumbro como o fim da era Rosalba Ciarlini nesta seara norte-rio-grandense. Na verdade, foi prefeita e abocanhou para si um punhado de abnegados. Fez gestão até a agradar a boa parte da população de Mossoró. Mas eram outros os tempos, onde se delineava tudo bem antes. Nestas eras modernizantes de hoje, é outra a conjectura. Acreditar que o casal Carlos/Rosalba deva pendurar as chuteiras

    TENTARAM

    Construir um substituto, mas não foi o suficiente à prefeita na época, Rosalba Ciarlini, fazer o filho, Kadu Ciarlini, um herdeiro político. O colocou primeiro como chefe de gabinete dela e, a seguir, candidato a vice-governador na chapa encabeçada por Carlos Eduardo Alves. De início, acharam ser eles imbatíveis mas, engoliram derrota imposta pela hoje governadora Fátima Bezerra. E como não bastasse, perderam dentro de casa nos dois turnos da eleição, em 2018.  

    NÃO ACREDITO

    Em candidatura de Rosalba Ciarlini a nem um cargo eletivo em 2022. Alguns fatores a pesar e, um é que nós chegaremos a certa idade que torna difícil enfrentar tal peleja. Outro seria a questão da CPI da Arena das Dunas. Muita coisa a ser investigada, debatida e, com certeza, com muitos respingos na ex-prefeita, ex-senadora e ex-governadora. A se comentar que ela seria postulante a uma vaga na Assembléia Legislativa do RN.  

    BETO ROSADO

    Irá enfrentar dificuldades enormes ao tentar renovar seu mandato na Câmara dos deputados em Brasília. É mais um que até chegou a gerar apostas por parte do grupo a que pertence mas, pelo visto não conquista mais a preferência do eleitor tal qual aconteceu nos últimos 8 anos. É daqueles que não desenvolveu bem o dever de casa e desde 2018 vem aos poucos perdendo espaço, ao ponto de ser substituído no comando da agremiação a nível de RN, o PP. 

    BETO ROSADO II

    No pleito de 2022, não terá, pela primeira vez, as bênçãos da Prefeitura Municipal de Mossoró ou até do Governo do Estado, como aconteceu em 2014 e 2018. É parlamentar federal, como se diz, de forma judicializada. Portanto eu a perceber uma guinada de 360º no caminho que este grupamento haverá de percorrer daqui pra frente. É realmente o início do fim de uma temporada de poder que já durava mais de 70 anos, a partir de Mossoró.

    SALOMÃO GOMES

    Foto: Edivaldo Barbosa

    Professor e prefeito de Felipe Guerra, em seu primeiro mandato. Administração bem avaliada nestes primeiros 7 meses. Cumpre compromissos firmados com o povo quando lançou-se candidato em 2020. E até bem antes, na vice-prefeitura. E na cidade, vem sendo respaldado por todos a sua determinação de reestruturar o estádio ‘O Pascoal’, há 8 anos em completo estado de abandono. Não se fala em outra coisa nas calçadas, esquinas e em todo lugar, principalmente pelos amantes da prática desportiva. Eu, a saber que Salomão Gomes nunca deu um pontapé em uma bola. Mas entende perfeitamente o quanto ela é importante ao povo, aos jovens principalmente. Desde o final de semana transposto, ele, por intermédio da Secretaria de Obras, mantém uma equipe trabalhando. Num primeiro momento efetuando uma limpeza completa nas dependências externas e internas do campo. Um vídeo mostra a situação em que aquela praça de esportes se encontrava antes e, agora, já se percebe mudanças substanciais. Em breve se dará sua abertura para o povo. Esperar mais um pouco e tudo vai dar certo.

    Últimas Notícias

     


    Veja Também