quarta-feira, setembro 22, 2021

Brasil terá terceira onda de Covid no inverno e 751 mil mortos até setembro se não acelerar vacinação, diz estudo

O Brasil registrou queda de 19% na média móvel de mortes por Covid-19 nas duas últimas semanas. Em 18 das 27 unidades de federação,...
More

    Últimas Notícias

    PMM já repassou cerca de R$ 50 mi ao Previ, diz Genilson

    Em pronunciamento na Câmara Municipal de Mossoró, nesta quarta-feira (15), o vereador Genilson Alves (Pros) parabenizou a gestão Allyson Bezerra por manter em dia a contribuição da Prefeitura ao Instituto Municipal de Previdência Social dos Servidores de Mossoró (Previ-Mossoró). Em oito meses da atual gestão, o Município já repassou ao Previ-Mossoró cerca de R$ 50 milhões.

    Embora reconheça o repasse em dia como obrigação do governo, o parlamentar considera a adimplência gesto de consideração e compromisso com o servidor da Prefeitura. E também mudança de realidade. Lembrou que, nas gestões anteriores, inadimplência e atraso em repasses geraram rombo milionário nas contas do Previ-Mossoró.

    “Só a gestão Rosalba Ciarlini produziu uma dívida de mais de R$ 80 milhões com a aposentadoria dos servidores. Somada a outros governos, o débito é superior a R$ 150 milhões”, denuncia Genilson Alves, para quem os números mostram descaso das gestões passadas com o futuro dos servidores da Prefeitura e com as contas públicas.

    Em aparte ao pronunciamento de Genilson, o vereador Lawrence Amorim (Solidariedade) informou que, de 48 meses, a gestão Rosalba Ciarlini só passou seis meses ao Previ-Mossoró. “O servidor público municipal precisa saber quem provocou o rombo nas contas do fundo de aposentadoria da Prefeitura”, alerta o presidente da Câmara.

    Últimas Notícias

     


    Veja Também