sexta-feira, janeiro 21, 2022

4ª ONDA: Diretora da OMS se monstra preocupada com avanço da COVID-19 e carnaval no Brasil

O mundo está entrando em uma quarta onda da pandemia do novo coronavírus. A avaliação é da diretora-geral adjunta de acesso a medicamentos e...
More

    Últimas Notícias

    O desespero da mídia petista em Mossoró ajuda o crescimento político do prefeito Allyson Bezerra

    O prefeito Allyson Bezerra com certeza tem muito com o que se preocupar com os desafios de sua gestão, afinal não é fácil ser gestor numa cidade com mais de 300 mil habitantes, localizada no sertão nordestino e cheia de problemas para serem resolvidos. Mas, é certo, que com as críticas políticas que lhe estão sendo feitas por algumas pessoas que se dizem de oposição, ele não tem com o que se preocupar. A oposição tem feito ao prefeito o enorme favor de elaborar críticas rasas, contraditórias e sem nenhuma espécie de conteúdo aproveitável.

    Fui ler alguns textos com críticas feitas em artigos ou notinhas publicadas em blogs e redes sociais. O que encontrei foi de uma fragilidade sem tamanho. Até penso que o prefeito deve estar com um sorriso de orelha a orelha porque até agora tem sido alvo de fofocas e ilações sem um mínimo de fundamentação lógica.

    Vejam só, num determinado artigo escrito por um jornalista de linha petista, encontrei uma saraivada de críticas ao prefeito porque, diz o artigo, arrastou por muito tempo a escolha do seu candidato a deputado estadual. Ora, a ansiedade aqui é de uma pessoa só, do próprio autor. Ele parece demonstrar ansiedade demais em que o prefeito abra as cartas na mesa e parece inconformado porque o tempo que ele quer que as coisas aconteçam não é o mesmo tempo que o prefeito trabalha.

    Nessa questão de ansiedade, a oposição parece querer ditar as regras do jogo, tenta ditar o calendário no qual o prefeito Allyson Bezerra deve mirar para tomar suas decisões políticas. Ora, o prefeito anunciou que em dezembro tornará pública sua preferência sobre deputado estadual. Mal sabem os ansiosos, que quanto mais ansiosos ficam mais o prefeito ganha as pautas das manchetes nos próprios espaços da oposição. Não é assim que a banda toca, minha gente.

    Numa outra linha, os opositores de plantão questionam se Allyson se consolidou como liderança ou não. Novamente a ansiedade. Gente, primeiro é bom não esquecer que Allyson ganhou a eleição, ele é o prefeito. Essa pressa toda em saber quem o prefeito vai apoiar, essa variedade de nomes que surgem na imprensa, esse disse-me-disse que todo dia está no noticiário sobre quem Allyson vai apoiar, os nomes especulados, já é uma resposta se o prefeito já é ou não é uma liderança consolidada. Ou seja, a própria turma que parece querer uma resposta negativa dá testemunho involuntário em contrário com seus ataques de ansiedade.

    Para concluir. Já tentaram criar imagem negativa sobre a capacidade administrativa de Allyson Bezerra das mais diversas formas. É vaidoso. É centralizador. No campo político ora dizem que não escuta ninguém, ora dizem que escuta demais e está demorando a escolher um candidato. Novamente a tal ansiedade.

    Aqueles que estão ansiosos para verem o prefeito perder popularidade ou que estão ansiosos para que o prefeito tenha algum insucesso eleitoral, recomendo esperar as urnas. As precipitações de agora ao julgar no que o prefeito tá acertando ou errando, as previsões de cartomante de segunda categoria prevendo o insucesso desejoso pode se transformar em frustração profunda mais na frente. Recomendamos paciência e cautela. Afinal, em 2020 esses videntes se deram mal.

    Últimas Notícias

     


    Veja Também